Ciclo menstrual

O ciclo menstrual é um processo dinâmico organizado, resultado de uma série de fenômenos bioquímicos, moleculares e celulares, correspondendo ao período que se inicia no primeiro dia de sangramento menstrual (o primeiro dia do ciclo) e se estende até o dia anterior à menstruação seguinte. Ele pode ser dividido em três fases: folicular, ovulatória e lútea, durando entre 26 e 32 dias, aproximadamente.


Fase folicular

Ocorre entre o 1º dia de menstruação até o dia da ovulação. Caracteriza-se pelo desenvolvimento de um folículo ovariano, bem como a preparação do útero para receber o óvulo fecundado. Na primeira metade da fase folicular, a hipófise (ou glândula pituitária, localizada no sistema nervoso central) aumenta a produção de hormônio folículoestimulante (FSH) e, como consequência, estimula o crescimento de 3 a 30 folículos. Em cada folículo contém um óvulo e apenas um desses folículos continua a crescer, enquanto os outros se degeneram.

A menstruação consiste na primeira parte da fase folicular, caracterizada por um sangramento decorrente de uma descamação no endométrio - camada mais interna do útero, previamente estimulada pelos estrogênios e modificada pela progesterona. Ela ocorre devido à interrupção posterior do estímulo hormonal (estrogênio e progesterona), na ausência de gravidez, e normalmente dura de 3 a 7 dias.

A implantação do óvulo é um processo muito específico e requer a existência de endométrio adequado. Portanto, as transformações do endométrio durante o ciclo menstrual objetivam sua preparação para receber o óvulo maduro. Não ocorrendo a gravidez, e com a conseqüente falta de aporte hormonal, o endométrio se deteriora e descama (menstruação), iniciando-se um novo ciclo de preparação endometrial.

Fase ovulatória

A ovulação ocorre geralmente de 11 a 16 dias antes da menstruação seguinte, a partir do aumento do hormônio luteinizante (LH), que estimula a liberação de um óvulo maduro na trompa de Falópio mais próxima, chegando até o útero. O óvulo é normalmente liberado de 16 a 32 horas após o aumento hormonal e, para chegar até o útero, leva cerca de 3 ou 4 dias.

Fase lútea

Ocorre entre a ovulação até a próxima menstruação. Após a ovulação, o folículo se torna uma estrutura produtora de hormônios chamada de corpo lúteo, que secreta estrogênio e grandes quantidades de progesterona. A progesterona é o que estimula o desenvolvimento do endométrio em preparação para o óvulo fertilizado. Não ocorrendo a gravidez, o corpo lúteo degenera-se cerca de 2 semanas após a ovulação e, com isso, os níveis de progesterona diminuem. Nesse momento, o desenvolvimento do endométrio para de ser estimulado, o que faz com que ele se descame, começando um novo ciclo.


Referências:

CONCEIÇÃO, J. C. J. Ginecologia Fundamental. São Paulo: Editora Atheneu, 2003.

0 comentários:

Postar um comentário

 


Lua que sente, sabe, quer.
Quiescente, visceral, mulher.

Quem escreve?
Raissa, INFP, libriana com ascendente e lua em Leão.
Amante da psicologia, apotecária da floresta, aprendiz de alquimista.
Ovolactovegetariana, lunática, curiosa.

Tecendo a Psique | Apotecários da Floresta